TRADUTOR

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

CATÁLOGO DA REVISTA REVOLUTIONARY HISTORY

Catálogo da Revista “História Revolucionária”

Humberto Rodrigues

Cover RH Vol.2 No.4

Publicamos a seguir, uma lista dos conteúdos das edições da Revolutionary History, uma das mais importantes revistas da história do marxismo. Era uma publicação britânica, em formato de livro, que cobria a história da esquerda revolucionária sob o ponto de vista da tradição trotskista. A famosa frase do filósofo e teórico político irlandês Edmund Burke, “Um povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-la” era o lema da revista, presente nas suas capas. A revista foi criada em 1988 por Sam Bornstein e Al Richardson, a quem conhecemos, pessoalmente, em Londres, em 1997.

terça-feira, 1 de setembro de 2020

SAUDAÇÕES DO GRUPO AÇÃO REVOLUCIONÁRIA COMUNISTA PARA A FCT DO BRASIL

"Que redescubramos o espírito do jacobinismo; Que sejamos capazes de descobrir qual inimigo está nos envenenando lentamente, e quem está apontando sua arma para nossas cabeças"

Saudações de solidariedade do camarada do Panagiotis Karystinos, em nome do KED grego, para a Frente Comunista dos Trabalhadores do Brasil.

Na faixa do KED: Contra o Estado de Emergência - Tire as mãos das nossas manifestações!


segunda-feira, 31 de agosto de 2020

TROTSKY: EXÍLIO, IV INTERNACIONAL E DEFENSISMO REVOLUCIONÁRIO

Trotsky, Exílio, IV Internacional e o Defensismo Revolucionário 

Humberto Rodrigues


Última foto antes do assassinato, tirada em agosto de 1940

Trotsky foi o principal dirigente do Soviet da primeira revolução russa, em 1905. Foi o principal dirigente do Comitê Militar Revolucionário que realizou a bem sucedida tomada do poder pelo proletariado em outubro de 1917. É famoso o reconhecimento que:

“todo o trabalho de organização prática da insurreição foi conduzida sob a liderança imediata do presidente do Soviet de Petrogrado, que a passagem rápida da guarnição militar para o lado do Soviet e a execução audaciosa do trabalho revolucionário, o partido deve principalmente e acima de todos ao camarada Trotsky”. (J. Stalin, Pravda 241, 1918)

domingo, 30 de agosto de 2020

GUERRA HÍBRIDA NO LÍBANO, BIELORÚSSIA, ARGENTINA

LÍBANO, BIELORRÚSSIA, ARGENTINA: Operações de guerra híbrida do imperialismo estadunidense, europeu e sionista!

Declaração do Comitê de Ligação pela IV Internacional

clique na imagem para acessar vídeo

A crise econômica, agravada pela recessão derivada da pandemia de coronavírus, desatou quase uma nova “primavera” intercontinental de revoluções coloridas no segundo semestre de 2020. Esse processo está mais avançado em três países: Líbano, Bielorrússia e Argentina.

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

LÍBANO: A CONTRA-REVOLUÇÃO LARANJA APÓS A TRAGÉDIA

Líbano, a Contrar-Revolução laranja após a tragédia
 
P. Pap. para a Vanguarda, site do grupo Ação Revolucionária Comunista, KED - Grécia



"Socorro! "Somos reféns de um governo corrupto e de uma milícia religiosa iraniana", escreveram os insurgentes em sua faixa, conclamando seus irmãos de classe (que, é claro, falam inglês) a fazer um apelo internacional.

A enorme explosão no porto de Beirute, que deixou pelo menos 160 mortos, mais de 6.000 feridos e danos incalculáveis, mergulhou o país em uma grande catástrofe humanitária - e deu a várias forças reacionárias a oportunidade de estabelecer uma contra-revolução laranja com visando a mudança de regime ou, pior ainda, provocando uma guerra civil em torno de linhas religiosas. As principais forças por trás dos protestos são o partido do legítimo proprietário e espantalho do país, Hariri, que foi forçado a renunciar ao cargo de primeiro-ministro há um ano, e os falangistas, junto com os militares.

sexta-feira, 31 de julho de 2020

GREVE POR TEMPO INDETERMINADO NA RENAULT

Cobrir de solidariedade a greve por tempo indeterminado dos metalúrgicos da Renault!

Pela estatização sem indenização e sob controle operário da multinacional francesa e de todas as empresas que demitirem durante a pandemia

Por unanimidade, os metalúrgicos da fábrica da Renault de São José dos Pinhais, no Paraná, que possui 7,2 mil funcionários, entraram em greve por tempo indeterminado contra a demissão de 747 trabalhadores pela multinacional francesa e o fechamento do terceiro turno.

terça-feira, 21 de julho de 2020

URUGUAI - TERRORISMO DE ESTADO NUNCA MAIS!

Uruguai - Terrorismo de Estado nunca mais ...

Gabriel Laesprella, uruguaio, Bacharel em Sociologia, Formado pela Universidade de Havana, Cuba



Quarenta e sete anos atrás, o então Presidente da República, o membro do Partido Colorado, Juan María Bordaberry, dissolveu as Câmeras ... assim, o golpe de estado foi decretado,...

sábado, 18 de julho de 2020

DERROTAR O TERRORISMO SIONISTA-IMPERIALISTA CONTRA O IRÃ!

Derrotar o terrorismo sionista-imperialista contra o Irã!

Ian Donovan - Fração Trotskista - Grã Bretanha
Original em Inglês "Defeat Zionist-imperialist terrorism against Iran!"



Uma série de explosões e 'acidentes' aparentemente misteriosos abalou o Irã nas últimas semanas, incluindo ataques a fontes de energia em Teerã. Como o Russia Today informou:

“As explosões da manhã de sexta-feira são as últimas de uma série de incidentes misteriosos em instalações industriais, laboratórios de pesquisa, depósitos de munição e até nas instalações de pesquisa nuclear de Natanz. Embora haja especulações desenfreadas de que isso possa ter resultado de sabotagem ou ciberataques israelenses, Teerã não atribuiu a culpa abertamente, enquanto Tel Aviv emitiu declarações cuidadosamente formuladas, sem confirmar nem negar envolvimento.” 
(Series of ‘explosions & power outages’ reported near Tehran)

NICOLELIS: O NÚMERO REAL PODE SER DOZE VEZES MAIOR QUE O OFICIAL

O número Real de Infectados pode ser doze vezes maior que o Oficial de Bolsonaro

Reproduzimos abaixo entrevista ao médico e cientista brasileiro Miguel Nicolelis, realizada por Ana Luiza Basilio a CartaCapital, em 16/07/2020

Pedro Hallal, Epidemiologista e Reitor da Universidade Federal de Pelotas: "Vou citar os dados da pesquisa epidemiológica. Na primeira fase da pesquisa, estimamos que, para cada caso confirmado, havia sete ou oito a mais, e na segunda fase que aparece nas estatísticas, a gente estimava que existiam 12 vezes mais casos"


CartaCapital: O Brasil chega à marca de 2 milhões de infectados em menos de cinco meses do início da pandemia. Como o senhor avalia o momento do País e o caminho no enfrentamento à pandemia até aqui?

Miguel Nicolelis: Primeiramente, é importante dizer que esse numero não é real, apenas oficial, o real é de sete a doze vezes maior, contando a subnotificação que já foi avaliada por uma série de inquéritos soroepidemiológicos. Temos entre 14 e 24 milhões de pessoas que já foram infectadas, assintomáticas ou não. O número de dois milhões é meramente simbólico. A expansão da pandemia é muito maior.

quinta-feira, 16 de julho de 2020

O GOLPE SEGUE, OPOSIÇÃO AMARELOU E FOI SE DIVERTIR COM AS ELEIÇÕES

O Golpe Segue. A esquerda amarelou total e foi cuidar das Eleições!

Mário Maestri, historiador, autor de "Revolução e Contrarrevolução no Brasil, 1530-2019"

Clique na imagem para acessar o vídeo da live

A história não é um ônibus circular em que o passageiro, ao perder a condução, aguenta um pouco de frio e chuva, e embarca na próxima volta do coletivo. Nada impede que a presente agonia dos trabalhadores, dos assalariados e da população brasileira tenha chegado para ficar, em uma triste história sem fim. Michel Temer e Jair Bolsonaro são apenas atores circunstanciais do programa de desventramento em curso do país, que conhece saltos de qualidade desde os sucessos de 2016. Apenas os inocentes, assustados e mal-intencionados propõem golpes ou fascismo à espera, na esquina.

segunda-feira, 13 de julho de 2020

80 ANOS DO ASSASSINATO DE TROTSKY: BIÓGRAFOS

Há 80 de seu assassinato: Trotsky e seus três biógrafos

Mário Maestri* 




Em 21 de agosto de 1940, em Coyoacán, na periferia da cidade do México, León Trotsky, com 60 anos, era assassinado por um esbirro estalinista, o espanhol Ramon Mercader (1913-1978), tema objeto do magnífico romance, de 2009, de Leonardo Padura. O homem que amava os cachorros. Quando de sua morte, havia décadas que Trotsky era infamado pelo grande capital e pela burocracia da URSS. Após a guerra, a sofrida vitória da população soviética sobre o nazismo serviu para consolidar as ignomínias lançadas pelo stalinismo contra o construtor do Exército Vermelho. O pecado maior de León Trotsky fora que, desde 1923, até sua morte, ele exigira a restauração do poder dos trabalhadores na URSS.

domingo, 12 de julho de 2020

PORTUGAL: PROBLEMAS DA HABITAÇÃO HOJE

É proibido estigmatizar: os implícitos higienistas no programa “Bairros Saudáveis”

Fernando Matos Rodrigues e Manuel Carlos Silva (CICS.Nova_UM/LAHB)

Ilustração de Nathalie Afonso 


O programa “Bairros Saudáveis” com base na Resolução do Conselho de Ministros 52-A/2020 surge em contexto de pandemia Covid19, preocupante na Região de Lisboa, mas conjunturalmente potenciadora de um ambiente político propicio a programas de vigilância intensiva em nome da manutenção da ordem pública, da salubridade e do higienismo sanitário sobre populações de bairros populares, fustigadas pela disseminação do vírus.

URUGUAI - TERRORISMO DE ESTADO NUNCA MAIS...

Uruguai - Terrorismo de Estado nunca mais...


Gabriel Laesprella, Uruguaio, Licenciado em Sociologia, graduado na Universidade de Habana, Cuba



Hace cuarenta y siete años el entonces presidente de la República, el integrante del Partido Colorado, Juan María Bordaberry disolvía las cámaras...se decretaba así el golpe de Estado...

quinta-feira, 9 de julho de 2020

FEITIÇO DA MERCADORIA, FEITIÇO DO CAPITAL E PANDEMIA

Seduzidos para a morte. O feitiço da mercadoria e do capital durante a pandemia

Publicação retirada dos sites do GPSOSSHE e Fronteira Vermelha



Para a proteção da vida da humanidade, seria necessário um isolamento social rigoroso, com exceção dos serviços verdadeiramente essenciais de abastecimento de alimentos, de saúde e de transportes, até o advento da vacina contra o coronavírus. Apesar de a humanidade possuir reservas suficientes para tanto, esse isolamento se revelou impossível no capitalismo.

terça-feira, 7 de julho de 2020

DEFENDER A PALESTINA, DERROTAR ISRAEL E EUA

Derrotar a ameaça de anexação da Cisjordânia por Israel e Trump!

Trotskyist Faction of Socialist Fight – Grã Bretanha | Socialist Equality Council – Bangladesh | Socialist Worker League – EUA | Tendencia Militante Bolchevique – Argentina Frente Comunista dos Trabalhadores – Brasil



As organizações que assinam esse declaração internacional condenam a ameaçada de anexação de amplas áreas do território da Cisjordânia. A criminosa anexação deveria começar em 1º de julho, foi anunciada em 4 de julho, mas foi adiada, aparentemente devido a contradições internas, dentro do governo Netanyahu / Gantz, coalizão instável e desconfortável no poder em Israel, e também, aparentemente, contradições externas, com seus parceiros do governo dos Estados Unidos, no crime. As várias facções nacionalistas genocidas no poder no Estado sionista e no governo Trump são todas a favor desta anexação como parte do chamado 'Acordo do Século'. Mas eles ainda estão discutindo os detalhes a portas fechadas, tentando produzir alguma fórmula para a anexação que não explodirá em seus rostos em uma nova rodada de lutas travadas pelas massas de palestinos oprimidos.

sábado, 4 de julho de 2020

MOVIMENTOS EVANGÉLICOS, TRABALHADORES E POLÍTICA

Movimentos evangélicos, classe trabalhadora e política (PARTE I)

Grupo de Estudos Marxistas Fronteira Vermelha [1]


“Seria estreiteza burguesa esquecer que o jugo da religião sobre a humanidade é apenas produto e reflexo do jugo econômico que existe dentro da sociedade. Não é com nenhum livro e nem com nenhuma propaganda que pode-se esclarecer o proletariado se não esclarecer a sua própria luta contra as forças obscuras do capitalismo” (Lênin, 1905)

Desde o fim da União Soviética, com a vitória contrarrevolucionária, vivemos um avanço avassalador do conjunto ideológico burguês sobre o planeta. Esse avanço verificado nas relações sociais de produção impacta de forma concreta todos os segmentos da sociedade e, por isso, na forma de sociabilidade, nos costumes, nas artes, nas relações sociais, nas formas de consumo e na vida espiritual.

BANGLADESH

A situação dos trabalhadores do Chá
Akash Mirza - Partido Socialista 


Na última temporada, Bangladesh estabeleceu um recorde para a segunda maior produção de chá dos últimos 175 anos. Embora a indústria do chá tenha melhorado, a vida dos trabalhadores do chá não mudou.

Depois de trabalhar o dia todo, a renda de um trabalhador do chá é de 102 Taka (seis reais). Perde-se a própria identidade étnica, a oportunidade de educação, o saneamento básico, a saúde. Para evitar que os trabalhadores se manifestem por seus direitos, são intoxicados com a ajuda dos proprietários. Há lojas de bebidas em cada fábrica de chá.

quinta-feira, 2 de julho de 2020

EUA, GRÃ BRETANHA, BRASIL

Governos da extrema direita burguesa são responsáveis por metade das mortes do mundo

Humberto Rodrigues 

Quando escrevíamos essas linhas, a doença causada pelo vírus Corona já havia matado mais de meio milhão de pessoas em todo mundo. 10,5 milhões de pessoas haviam contraído o Covid-19, segundo as estatísticas oficiais fornecidos pelos governos.


Oficialmente, mortos pelo Covid-19, os EUA possuem 130 mil; o Brasil, 60 mil; a Grã-Bretanha possui 44.000. Oficialmente, esses três países foram onde ocorreram a maior quantidade de vítimas fatais por coronavírus. Juntos, são responsáveis por quase metade dos mortos do planeta. Essas três nações não são as mais populosas do planeta. Mas os três governos estão entre os principais negacionistas da gravidade da crise sanitária.

domingo, 21 de junho de 2020

SISMONARD - PCO, EM DEFESA DO DIREITO DE MANIFESTAÇÃO

Pela imediata e incondicional libertação do companheiro Henrique Simonard, militante do PCO, preso pela PM de Witzel. Nenhum processo contra o companheiro e pelo livre direito de manifestação!

Henrique Simonard, militante do PCO, foi preso pela PM do Estado do Rio de Janeiro. Simonard foi detido nesse domingo, 21 de junho de 2020, durante o ato contra o regime golpista de Jair Bolsonaro.

Companheiro Henrique Sismonard no início do protesto
(vídeos captados do Instagram do PCO)

terça-feira, 16 de junho de 2020

LUGANSK – GREVE DOS MINEIROS

Solidariedade com a ocupação e a vitória dos mineiros de Lugansk!
Trabalhadores: Cuidado com os falsos 'amigos' fascistas da OTAN


Os mineiros da cidade de Antracita, na República Popular de Lugansk (RPL), mais de 100 operários de carvão que estavam em greve na mina de Komsomolskaya há uma semana, desde 6 de junho, alcançaram suas demandas e a empresa pagará o vencimento em atraso devido a eles. Após a repressão desencadeada na semana passada pelas autoridades da RPL, com cerca de 25 prisões de mineiros e ativistas de esquerda, o governo se comprometeu a não processar os grevistas.

domingo, 14 de junho de 2020

DECLARAÇÃO INTERNACIONAL - GEORGE FLOYD

George Floyd foi outro trabalhador assassinado pelo Estado Policial Imperialista, o inimigo mortal dos negros, trabalhadores e oprimidos do mundo

Declaração internacional de militantes e organizações revolucionárias da classe trabalhadora sobre o levante popular antirracista nos Estados Unidos

O assassinato flagrantemente racista de George Floyd no dia 25 de maio, em Minneapolis, desencadeou uma enorme onda de lutas nos Estados Unidos. Uma onda de lutas pelo menos tão grandes quanto as da década de 1960. Aquelas lutas culminaram com o movimento dos Direitos Civis e que anularam em 1965 as leis segregacionistas Jim Crow [que impunham a separação racial nos locais públicos dos EUA]. A segregação foi uma herança da escravidão que havia sido derrotada na Guerra Civil americana. A luta atual é contra os resultados de décadas de reação racista que começou no final da década de 1970, com a ascensão de Reagan, o neoliberalismo e o prolongado giro à direita da sociedade americana. Essa reação continuou sob o governo Clinton, com a expansão da pena de morte e o encarceramento em massa de negros. A reação de direita foi aprofundada ainda mais com a militarização da polícia por George W. Bush e sua "Guerra ao Terror", e não modificada em sua essência pelo governo do primeiro presidente democrata negro, Obama. Com Trump, a reação racista retomou com força e ficou escancarada a partir de 2016.

terça-feira, 9 de junho de 2020

ARGENTINA - NACIONALIZAÇÃO DA MULTINACIONAL VICENTIN

Que Vicentin seja expropiada, sem indenização e sob o controle operário!

Pela nacionalização do comércio exterior pelos trabalhadores!


Reproduzimos abaixo a declaração de nossos hermanos argentinos, da Tendência Militante Bolchevique, acerca da nacionalização de uma das maiores empresas exportadoras de grão do país pelo governo de Alberto Fernandez.


El presidente argentino anunció la nacionalización del holding internacional Vicentin. El grupo Vicentin es la sexta compañía en el mercado de granos del país. En el 2018, Vicentin controlaba el 9 % del total de las exportaciones de granos, harinas y aceites, siendo la multinacional estadounidense Cargill la primera con el 14%. Por lo tanto, Vicentin ocupa un rol importante en ese rubro estratégico económico en Argentina.

quinta-feira, 4 de junho de 2020

VÍDEO - O MARXISMO E A QUESTÃO NEGRA

Da Rebelião por George Floyd a Luta Contra Bolsonaro
O Marxismo e a Questão Negra

https://www.youtube.com/watch?v=4xWor1XsMDo&t=150s


Clique aqui para acessar o vídeo O MARXISMO E A QUESTÃO NEGRA, que reproduzimos dos camaradas do Grupo Emancipação do Trabalho sobre o Marxismo e a Questão Negra.

O assassinato de George Floyd parece ter sido a gota d’água para uma explosão de descontentamento popular nos EUA e no mundo, contra o racismo, o capitalismo e o imperialismo.

terça-feira, 19 de maio de 2020

BOLSONARO FAVORECE AOS MUITO RICOS DURANTE A PANDEMIA

Resposta de Bolsonaro à pandemia favorece os 'muito ricos', diz economista
Fábio Sobral, original publicado em Sputnik, (Áudio). 


A resposta do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) à pandemia de COVID-19 privilegia bancos em detrimento das pessoas e terá impacto de grandes proporções, avalia economista ouvido pela Sputnik Brasil.

quinta-feira, 14 de maio de 2020

1888: A REVOLUÇÃO ABOLICIONISTA NO BRASIL

1888: A Revolução Abolicionista no Brasil
Mário Maestri *


O Brasil foi uma das primeiras nações americanas a instituir a escravidão colonial, em 1530, e a última a aboli-la, em 1888. O escravismo dominou dois terços de nossa história. Não houve região do Brasil totalmente à margem da instituição. Apesar da superação do escravismo constituir o mais significativo fato histórico do passado brasileiro, atualmente, o 13 de Maio constitui transcurso pouco celebrado e desvalorizado.

POR QUE O BOLSONARISMO IDOLATRA TORTURADORES?

Por que o bolsonarismo idolatra torturadores?
Publicação do Gposshe



A tortura é quase tão antiga quanto a humanidade. Com o surgimento das classes sociais passou a ser um instrumento constante de repressão, opressão e exploração. A prática de tortura era comum em todas as antigas civilizações da Ásia, África e Europa, inclusive na América Pré-colombiana. Entre os romanos, a tortura era legalizada.

EXPANSÃO DO CONTROLE SOCIAL E NOVO CICLO DE ACUMULAÇÃO

A expansão do controle social e um novo ciclo de acumulação estão germinando da pandemia
Publicação do GPOSSHE



Estamos na transição para um outro ciclo de acumulação capitalista, um fenômeno relativamente novo, um ciclo que nasce através da maior catástrofe planetária desde a segunda guerra mundial. A impotência do capitalismo diante do Covid-19 vem criando muitas expectativas de que a tragédia seria um momento de renovação, que se abriria um período mais solidário, de capitalismo keynesiano, de estatizações, renda básica universal. As ilusões na regeneração do capitalismo pós-coronavírus têm como base material as medidas emergenciais tomadas por uma série de governos.

terça-feira, 12 de maio de 2020

SAUDAÇÃO À LUTA ANTIFASCISTA EM LUGANSK

República Popular de Lugansk comemora seis anos de independência 

Enviamos saudações de solidariedade ao povo trabalhador da República Popular de Lugansk por sua independência heroicamente alcançada em 12 de maio de 2014. Uma vitória sobre o regime ilegítimo e infestado de fascistas imposto pelos agentes dos EUA, da OTAN e da UE na Ucrânia há seis anos.

quarta-feira, 6 de maio de 2020

O SECTARISMO DO WSWS NA QUESTÃO SINDICAL

O ultimatismo do WSWS (ICFI) na questão sindical serve a burguesia imperialista dos EUA 




WSWS é o portal do International Committee of the Fourth International (ICFI). O WSWS, sediado nos EUA, está entre os melhores sites de esquerda trotskista do planeta. Inclusive, nem todos as pessoas que acessam o WSWS, sabem que ele é um site de uma organização trotskista. E menos ainda que essa organização se chama International Committee of the Fourth International (ICFI 
- Comitê Internacional da IV Internacional, em português). Por se dedicar ao mundo virtual, trazem muitas informações e se tornaram especialistas nisso. É preciso reconhecer isso, mesmo não tendo concordância com a análise que fazem dessas informações.

RÚSSIA - OS PRISIONEIROS DO 1o DE MAIO

Prisioneiros do primeiro de maio

Arseny Ermolov - Original em Russo na Revista Rabkor do Instituto de Globalização e Movimentos Sociais (IGSO) 


Infelizmente, as piores previsões sobre o impacto da epidemia de coronavírus na situação política doméstica na Rússia estão começando a se tornar realidade. Indecentes a usar medidas duras onde era realmente necessário impedir a propagação da doença, as autoridades pretendem usar a crise como uma desculpa para aumentar a pressão sobre os movimentos políticos da oposição. Moradores de diferentes regiões da Rússia (e em particular moscovitas) encontraram repetidamente medidas de quarentena difíceis que nem sempre pareciam justificadas e razoáveis, e às vezes eram obviamente contraproducentes. Basta lembrar o conhecido exemplo de uma tentativa de introduzir o controle de acesso em Moscou. Mas até agora não foi possível afirmar que estávamos lidando com medidas conscientes para suprimir as liberdades civis, e não pelos "excessos de executor" ou mau funcionamento do aparato burocrático. Inclusive porque as medidas de quarentena das autoridades de Moscou ainda não foram especificamente direcionadas contra seus oponentes políticos. Isso foi até 1º de maio deste ano.

AOS 202 ANOS, MARX NÃO ESTÁ CERTO DESSA VEZ

Aos 202 anos, Marx não está certo desta vez
Fernando Moyano – Uruguai - Original en Castellano 




"O processo de produção capitalista, considerado em sua interdependência ou como um processo de reprodução, então, não apenas produz bens, não apenas produz mais-valia, mas também produz e reproduz a própria relação capitalista : por um lado, o capitalista ; por outro, o empregado " . (El Capital, LI, C.11)

Outro dia 5 de maio, outro aniversário de Carlitos. Tudo mudou e tudo permanece o mesmo. Tudo permanece o mesmo e tudo mudou. Já sabemos que tudo mudou, antes de mais nada, o enorme desenvolvimento das forças produtivas neste tempo, o acúmulo de riqueza e a capacidade de produzi-lo, e mudou a face da Terra e o modo de vida, muito além do que é desejado. No entanto, a estrutura social básica não mudou, nem a diferença na forma de apropriação e distribuição da riqueza. Pelo contrário, a desigualdade foi acentuada e com ela todas as formas superestruturais correspondem e reproduzem essa desigualdade. Tudo permanece o mesmo porque o mecanismo pelo qual a relação social capitalista se reproduz não mudou nada. Mas tudo mudou porque as condições para continuar a reprodução atingiram limites extremos de tensão.

terça-feira, 5 de maio de 2020

DERROTA IMPERIALISTA EN VENEZUELA

Derrotada escaramuza del terrorismo imperialista en Macuto
Reproduzimos abaixo declaração da TMB - Argentina sobre a provocação imperialista contra a Venezuela



Fracasa en la madrugada del domingo, 3 de mayo, una tentativa mercenaria pro-imperialista para asediar a Venezuela desde la frontera marítima con Colombia. EL Pentágono repite como farsa la derrota da Bahía de los Cochinos, ante el estado obrero cubano en 1961. Ahora, contra el gobierno bolivariano de Maduro. El imperialismo intenta una maniobra mercenaria armada desde la CIA para asediar a un régimen que le resulta molesto.

sábado, 2 de maio de 2020

GRÃ BRETANHA

Defenda Steve Hedley, defenda a democracia sindical!
Trotskyist Faction - Grã Bretanha
Steve Hedley

A Facção Trotskista da Luta Socialista dá total apoio a Steve Hedley, Secretário Geral Adjunto do Sindicato Ferroviário, Marítimo e de Transporte (RMT), contra os ataques cruéis dos Tories e da máquina de propaganda midiática de Murdoch.

Steve Hedley foi suspenso de sua posição depois de fazer recentemente comentários 'ofensivos' no Facebook. Respondendo a outro comentário em uma publicação no Facebook, ele disse: "Não quero ofender você, mas se Bojo [BOris Johnson] bater as botas, farei uma festa". Mais tarde, ele acrescentou: "Espero que todo o gabinete e os escalões mais altos do partido Conservador tenham tocado em vários pedaços dele". Depois dessas observações, Johnson foi internado no Hospital St. Thomas, em 5 º de abril, após a piora de seus sintomas Covid-19.

PANDEMIA, KEYNES, 'IMUNIZAÇÃO DE REBANHO'

"A longo prazo, todos estaremos mortos" (Keynes)

Fernando Moyano – Uruguai - Original en Castellano


É incapaz de governar, porque é incapaz de garantir a existência de seus escravos mesmo dentro de sua escravidão, porque é forçada a deixá-los chegar a uma situação de desamparo na qual não tem escolha a não ser apoiá-los, quando são eles que devem mantê-lo. ela. A sociedade não pode continuar vivendo sob o império dessa classe; a vida da burguesia tornou-se incompatível com a sociedade. 

O economista britânico John Maynard Keynes, autor da frase que adotamos no título (não o outro do economista, que é do Manifesto Comunista) e que muitos trazem em conta hoje, estava totalmente errado sobre isso.

No Uruguai, até o momento que esse texto é escrito, existem 15 mortos e 606 infectados pelo coronavírus. As informações que as autoridades fornecem são a desinformação sistemática, tentando esconder a gravidade da situação. O novo presidente citou "Keynes" esses dias e parece não saber do que está falando.

sexta-feira, 1 de maio de 2020

1o DE MAIO 2020 - DECLARAÇÃO INTERNACIONAL

Declaração Internacional pelo dia do Trabalhador de 2020

Frente Comunista dos Trabalhadores (Brasil)
Tendência Militante Bolchevique (Argentina)
Socialist Worekers League (EUA)
Trotskyist Faction of Socialist Fight (Grã Bretanha)
Socialist Fight (Grã Bretanha)
Socialist Party (Bangladesh) 




Neste primeiro de maio, a classe trabalhadora enfrenta as terríveis circunstâncias da pandemia de Covid-19, que desatou uma crise capitalista mundial que estava latente. Essa situação vem provocando uma das maiores mortandades desde a Segunda Guerra Mundial. As causas da pandemia estão ligadas à relação antagônica com a natureza que o capitalismo impôs à humanidade por sua busca de lucro acima de todas as considerações de sustentabilidade e racionalidade desestabilizou o clima a ponto de ameaçar a existência humana. Assim como o perigo imediato de um grande número de vulneráveis, doentes, deficientes e idosos morrendo ou incapacitados pela doença, os trabalhadores e os oprimidos enfrentam um perigo sem precedentes de perda de meios de subsistência e, em muitos lugares, até a fome em massa da população com a enorme crise econômica do capitalismo que a pandemia cristalizou.

quinta-feira, 30 de abril de 2020

ZIMBABUE - 1o DE MAIO

Declaração do UFAWUZ para o dia 1o de maio do 2020
Sindicato dos Trabalhadores da Alimentação e dos trabalhadores afins do Zimbábue (UFAWUZ)
30 de abril de 2020
"Somos trabalhadores, não servos"
"Trabalhadores do mundo uni-vos!", disse Karl Marx na época. Permitam-me que comece saudando a atitude internacionalista do governo cubano enviando os médicos cubanos para o serviço internacional para Itália, Espanha, China, África do Sul etc. na luta contra o Covid-19, apesar do embargo ilegal de mais de cinco (5) décadas contra o ilha pelos Estados Unidos imperialistas da América.

GOVERNO BOLSONARO: O QUE É E COMO AINDA SE SUSTENTA

Cachorro louco dos banqueiros, blindado pelos militares



O governo de Bolsonaro conduz a população brasileira para a morte. O coronavírus tornou-se um aliado incidental na guerra de classes. O fenômeno do bolsonarismo ascendeu ao poder após um golpe de Estado parlamentar (2016) e uma fraude eleitoral (2018).

É um tipo de nazismo colonial contemporâneo. Nacionalista de palavras, entreguista ao extremo na prática, por ser colonial. Sob orquestração dos EUA, no governo Trump, foi implantado no país com a mais profunda tradição escravocrata da era burguesa. O Brasil foi onde a escravidão teve maior tempo de duração e a maior quantidade de pessoas foram escravizadas.

GRÉCIA - SOB O REGIME DE PROIBIÇÃO DE DIREITOS COLETIVOS E INDIVIDUAIS

Sob o regime de proibição
de direitos coletivos e individuais
Nenhuma solidariedade com os patrões e seus agentes políticos na proibição de direitos coletivos e individuais!
Ação Comunista Revolucionaria - KED ★ Avantgarde

Sob o pretexto de limitar o contágio do coronavírus, o governo grego ameaça os direitos democráticos, coletivos e individuais. Qualquer protesto sindical ou político está sendo perseguido, pois agora seriam movimentos desnecessários. Estão chovendo multas por qualquer tipo de protesto. E também ações da polícia que violam deliberadamente os direitos democráticos, enquanto para o abuso de poder foi dada imunidade por tempo indeterminado.

quarta-feira, 22 de abril de 2020

150 ANOS DE LENIN

150 anos de Lenin

Há 150 anos nascia Vladimir Ilyich Lenin, quem melhor aprimorou a forma de organização dos explorados para a luta política e para a tomada do poder pelos trabalhadores desde o advento do marxismo na luta de classes. Reunimos abaixo as melhores publicações de Folha do Trabalhador em homenagem ao grande revolucionário bolchevique:


Sobre a questão da Dialética
V.I.Lenin

Marxist Internet Archiv publica "Sobre a Questão da Dialética" de Lenin traduzido por Folha do Trabalhador

La consciencia de clase y el partido revolucionario

Combater o Golpe sem defender o governo

sábado, 18 de abril de 2020

BANGLADESH - O CRESCIMENTO DO MOVIMENTO OPERÁRIO

História do crescimento do movimento operário em Bangladesh
Partido Socialista, BD 
Trabalhadoras têxteis em Bangladesh em luta por aumento salarial, em 10 de janeiro de 2019, em Daca

É verdade que o movimento operário começou na Europa durante a revolução industrial. Anteriormente, a ideia enfrentava grande resistência. No entanto, o movimento trabalhista foi ativo no início e meados do século XIX e vários partidos e sindicatos foram formados em todo o mundo industrializado. O movimento trabalhista tem um passado muito longo nesta região, embora a industrialização tenha ocorrido muito tarde em Bangladesh. O início da agitação trabalhista no subcontinente indiano foi em Bengala.

terça-feira, 14 de abril de 2020

SOLIDARIEDADE A LUTA ANTIFASCISTA EM DONBASS

Os comunistas da Grã-Bretanha, América Latina e Estados Unidos apoiaram o apelo do PCUS atentos as hostilidades que se desenvolvem no Donbass 
13/04/2020


Caros camaradas

Enviamos saudações de solidariedade do Reino Unido a todos os que vivem sob um governo ilegítimo infestado de fascistas na Ucrânia, defendendo e construindo as repúblicas anti-fascistas nas Donbas, e às centenas de milhares forçadas ao exílio pela repressão política, ataques de fascistas gangues e austeridade econômica.

domingo, 12 de abril de 2020

CONVERSA COM FRANK FITZMAURICE

"Uma reviravolta pró-imperialista da ultra esquerda"

Reproduzimos trechos da primeira conversa entre o camarada Humberto Rodrigues (FCT-Brasil) e Frank Fitzmaurice (SF-Grã Bretanha) em 02/09/2017. Frank faleceu no dia sete de abril de 2020. Na expressão acima, que titula essa publicação, Frank resume o giro que acometeu a Liga Internacional dos Trabalhadores, corrente internacional da qual o PSTU é a seção brasileira. Na conversa também são abordados o WRP, a ISL, Nahuel Moreno, "revoluções democráticas" na Líbia e Síria,...

Original dialogue in English on the Trotskyist Fraction page
É assim que eu quero ter 106 anos. Talvez não seja tão agradável, mas desejo ter a mesma atitude. Esta era uma mulher armênia que guardava sua casa em 1990, aos 106 anos [a imagem faz parte do mural de Frank no facebook e foi publicada pelo mesmo poucos dias antes da conversa abaixo]
Humberto Rodrigues: Oi Camarada.

Frank Fitzmaurice: Olá Humberto.

Humberto Rodrigues: Por muito tempo, quero falar com você, precisamos fortalecer nossos laços de amizade. Perdoe-me pelo meu precário uso da língua inglesa. 

Frank Fitzmaurice: Seu inglês é bom. Como vai você? Muito melhor do que o meu português, que não existe.

Humberto Rodrigues: Sem problemas. De onde você veio, politicamente? 


Frank Fitzmaurice: Eu estava no WRP com Gerry [Downing, dirigente do Socialist Fight]. Depois da expulsão de Healy, nosso grupo iniciou conversações com a LIT [Liga Internacional dos Trabalhadores] e ingressamos nessa organização em 1988 e nos tornamos a seção britânica da LIT, a ISL [Liga Socialista Internacional, em português]. [Depois de 2011] Alguns de nós saíram após divergências sobre a política da LIT na Líbia.

sábado, 11 de abril de 2020

FRANK FITZMAURICE (1938 - 2020)

Frank Fitzmaurice (1938-2020),
Presente em nossas lutas!
Hoje e sempre!
Humberto Rodrigues


Lamentamos anunciar a morte do camarada Frank Fitzmaurice (1938-2020). Conheci Frank em 2015, ele era um ativista do movimento trabalhista, membro do Socialist Fight, do Comitê de Ligação pela IV Internacional. Anteriormente ele fizera parte da ISL (Liga Socialista Internacional), originalmente de um grupo morenista em Liverpool.